Massagem “I love you” para bebês

A Laís já está com quase três anos e só agora caiu a ficha para eu falar sobre algo que nos ajudou muito quando ela era um bebê; a massagem I love you para bebês nos ajudou muito nos primeiros meses aqui em casa.

Como aconteceu?

A Luisa sempre foi tranquila, sabe? Não tive problemas com ela em relação a cólicas e tals. A Luisa só queria saber de dormir e somado a outros acontecimentos eu não consegui amamentá-la. Então, eu acho que isso contribuiu para que ela não sofresse de cólicas.

Já a Laís nasceu uma bezerrinha. Pegou na teta e não quis saber de largar. Mamava muito mesmo e aquilo me deixou realizada, já que não consegui a mesma coisa com a minha primogênita.
Por outro lado, mamando no peito e acredito que por outras questões fisiológicas também, foram surgindo as cólicas na Laís.

E as dores tinham hora marcada para acontecer. Todo santo dia às 20h30 começava o sofrimento… o meu e o dela. Era meu sofrimento também porque eu não sabia mais o que fazer para ajudar a Laís com as dores abdominais e era sofrimento para ela por estar sentindo aquele desconforto.

Sério gente… quando estava pra chegar o horário das 20h30 eu já começava a ter tristeza… me dava vontade de chorar ou enfiar a cabeça num buraco. Quem passa por isso sabe o que quero dizer!

A Laís chorava tanto de cólica que quem ouvia a choradeira de fora achava que eu estava matando a menina.

Até que um dia, vasculhando a internet em busca de dicas, solução, uma luz no fim do túnel eu encontrei no site do BabyCenter uma massagem que a princípio achei meio estranha, mas pensei com os meus botões: não custa tentar.

– Pausa 1: a Laís foi examinada pelo pediatra e nada foi constatado além de cólicas mesmo. Nada de tomar decisões sem antes consultar o médico, ok?

– Pausa 2: como não achei mais o link do site do BabyCenter resolvi fazer esse post para ajudar mais mamães em apuros.

Massagem I love you para bebês

Comecei a tornar essa massagem como uma rotina. Toda noite, depois do banho da Laís, eu fazia essa massagem. Pegava um óleo infantil, deitava ela na cama de barriguinha para cima e fazia a massagem por uns 5 minutos. No começo ela não parava muito quieta, mas depois ela começou a curtir o momento.

É bem simples!

Lembretes: os lados direita e esquerda se refere à você em relação ao bebê. Sua direita e sua esquerda e não a do bebê, ok?!

Utilize óleo ou um hidratante próprio para bebês nas mãos para ajudar a deslizar melhor os movimentos.

  1.  Com o bebê de barriga para cima e de preferência sem a roupinha, do seu lado direito, na barriguinha do bebê, com as pontas dos dedos, faça um “I” de cima para baixo.
  2. Em seguida, faça um “L” de ponta cabeça, iniciando em cima da barriguinha do lado esquerdo e descendo pelo lado direito.
  3. Faça um “U” invertido, iniciando pelo seu lado esquerdo, subindo pela barriguinha do bebê, passando pelo alto da barriguinha de forma horizontal e descendo pelo lado direito.

Repita esse processo várias vezes.

Na ilustração abaixo fica fácil de visualizar.

massagem i love you para bebês

É mágica?

Não sei se é mágica, eu só sei que foi a solução das cólicas aqui em casa. Depois que comecei a fazer todos os dias essa massagem a Laís não chorou e não sentiu mais o desconforto das cólicas.
Essa massagem, além de aliviar e dar conforto ao bebê, ainda permite o toque entre mãe e filho, estreitando os laços de carinho e afeto.

A massagem ajuda a liberar os gases e no movimento do intestino.

Eu sempre indico essa massagem para mamães que me falam que os bebês estão sofrendo com cólicas e todas me deram um feedback positivo de que a massagem realmente ajudou nesse momento.

Então, se você curtiu essa dica, compartilha com todas as suas amigas mamães para que elas possam ajudar seus bebês a passar de forma mais tranquila por essa fase tão conturbada das cólicas.

Sempre procure orientação de um pediatra caso persistirem os sintomas e nunca medique seu filho por conta própria.