Herpes Zoster: você sabe o que é?

Começou com uma coceirinha, bem gostosa por sinal, na lombar.
Percebi que tinha umas bolinhas, parecido com um grosseirão. A princípio não dei muita importância, achei até que fosse alergia a alguma coisa.

Comecei a me preocupar uns dois dias depois, quando o local da coceira começou a doer. E doía doído. Além de doer a pele, parecia que a dor chegava até a carne, até o osso. E não parou por aí… Além dessa dor local, uma outra dor começou a incomodar. A dor começava na banda direita do bumbum e descia pra perna.
Era ruim para andar, era ruim para sentar, era ruim para deitar. Não tinha posição. Simplesmente, doía!

Não tive dúvidas… Procurei um médico e lá veio o diagnóstico: herpes zoster.

Mas que raio é isso?

HZ é uma doença causada por vírus, o mesmo da catapora. Segundo minha mãe, eu não tive catapora quando criança, mas devo ter tido contato com o vírus, que ficou ‘adormecido’ no meu organismo.

Não há uma causa clara para isso acontecer. O médico que me atendeu me explicou que a provável causa de vírus ter reativado seria imunidade baixa. E acredito que tenha sido isso mesmo. Confesso que andava meio estressadinha naqueles dias.

Mas além de tudo isso, a minha preocupação ia além de mim?
Será que as meninas correm o risco de pegar o vírus? Ter HZ e sofrer com aquela dor?

É claro que uma pessoa com HZ pode transmitir o vírus, ainda mais para quem não está imune à ele… mas felizmente isso aconteceria se as meninas tivessem contato direto com as lesões da pele e isso eu tomei todo o cuidado para não acontecer.

Outra notícia boa é que procurei ajuda médica logo início e pude começar o tratamento com antivirais o quanto antes, pois o nervo já estava sendo afetado… lembra da dor no bumbum que descia para a perna? Então, era esse o motivo!

O HZ não oferece algum tipo de risco de morte ou algo assim, mas com tratamento precoce há a possibilidade de reduzir o tempo de duração da doença e até mesmo complicações futuras, como infecções na pele, problemas neurológicos (dependendo do nervo afetado), neuralgia pós-herpética, etc.

Então, gente! Não ignore nada que possa estar acontecendo de errado com você. Achei que não era nada, que era uma simples alergia e se tivesse ficado nessa ‘vibe’ teria sofrido muito mais.

Por ter começado o tratamento no início, minha recuperação foi super tranquila e hoje não sinto dores nem no local das lesões e nem no nervo.

Sei que temos responsabilidades e precisamos cuidar de muitas coisas e pessoas… mas temos que cuidar da gente também, certo?

Esclarecimento: o vírus causador da catapora e herpes zoster não é o mesmo vírus responsável pelo herpes labial ou genital. Eles são vírus de famílias diferentes, tendo em comum apenas o nome.
Fonte de consulta: minhavida