MANDAMENTOS DO CASAMENTO
Os 10 mandamentos dos casamento

Fazendo uma limpeza no guarda-roupa aqui de casa, eu encontrei uma apostila que foi utilizada quando eu e marido participamos do curso de noivos lá na minha cidade há quase três anos atrás (nossa, parece que foi ontem)! Sentei no chão em meio a bagunça do quarto e comecei a folhear a apostila, lembrando de como aquele findi semana foi divertido! ‘Os 10 mandamentos do casal’ era um dos assuntos abordados durante o curso e achei interessante compartilhar com vcs, afinal, sabemos que para um casório dar certo, não basta somente a boa vontade de um, mas o comprometimento dos dois para que esse compromisso dure a vida toda :

1. Os dois nunca devem se irritar ao mesmo tempo. Isto significa evitar a explosão. Quanto mais a situação é complicada, mais a calma é necessária.

2. Nunca gritar um com o outro, a não ser que a casa esteja em chamas. Quem tem bons argumentos não precisa de gritar. Quanto mais alguém grita, menos é ouvido.

3. Se alguém deve ganhar a discussão, deixe que seja o outro. Perder uma discussão, pode ser um ato de inteligência e amor.

4. Se for inevitável criticar, faça-o com amor. A outra parte precisa entender que aquilo que foi dito, tem o objetivo de aproximar e não separar.

5. Nunca jogar na cara do outro os erros cometidos no passado. A pessoa é sempre maior que os seus erros. E ninguém gosta de ser caracterizado pelos seus defeitos.

6. Seja displicente com qualquer pessoa, menos com o seu cônjuge. Na vida a dois tudo pode e deve ser importante. A felicidade nasce das pequenas coisas.

7. Nunca ir dormir sem ter chegado a um acordo. Se isto não acontece, amanhã o problema será maior.

8. Pelo menos uma vez ao dia, diga ao seu cônjuge uma palavra de agrado. Muitos têm reservas enormes de ternura, mas se esquecem de o dizer em voz alta.

9. Se cometer um erro prepare-se para admiti-lo e pedir desculpas. Admitir um erro não é humilhação. A pessoa que admite o erro demonstra ser honesta.

10. Quando um não quer, dois não brigam. É a sabedoria popular que ensina isto. Mas esta mesma sabedoria lembra que «Dois bicudos não se beijam…» Alguém tem de tomar a iniciativa, quebrar o ciclo. Tomar iniciativa é gesto de maturidade e amor.

Sejam muito felizes em seu casamento!

Imagem daqui.